#a VIDA Motivação

O Poder do Coaching Na Minha Vida – SERCOACH IBC Por Rosana Siqueira

Você sabia que o poder do coaching é algo fantástico, um assunto em crescimento atualmente e sercoach é algo incrível. Porém pouquíssimas pessoas sabem o que realmente é e qual sua origem, os estágios que passou para chegar a ser tão eficaz nos dias de hoje.

Conhecer a história do Coaching é importante para compreender de onde veio e quais seus ramos, saber do contexto por trás do surgimento traz entendimento ao profissional que deseja ser um Coach e exercer essa função como vocação exige conhecer a origem.

Em 1400, a palavra de origem Inglesa que denomina uma carruagem de quatro rodas, que em seguida passou a denominar os tutores que preparavam os alunos norte-americanos para exames de determinada matéria.

Com o passar do tempo, veio o termo “coached” que eram as pessoas das famílias britânicas instruídas dentro da “carruagem” durante longas viagens ou passeios por uma pessoa na figura de um tutor que lia em voz no interior das carruagens.

Em 1830, para denominar o tutor, àquele que carrega, conduz e prepara uma pessoa, o termo passa a ser usado na Oxford University.

Em 1880, o Coach passou a ser usado para indicar treinadores de equipes esportivas. Nos Estados Unidos, foi usado como foco nos esportes. E até hoje, o treinador é considerado o Coach. Pessoa chave para orientar, dirigir e escalar um time ou atleta específico. Os Coaches passam a ser fundamentais para o alcance de vitórias e este é um ponto a se destacar o poder do coach.

Em 1950, então, inicia o uso do Coching na literatura de negócios, referindo-se a habilidade para gerir pessoas. E com Carl Rogers e Abraham Maslow, psicólogos humanistas, as empresas começam a entender que o quadro de funcionários é mais que “máquinas inteligentes”. Cada pessoa é única e merece um tratamento individualizado.

No Brasil, o Coaching surgiu na década de 1970, por meio de associações esportivas, primeiramente. No início do ano 2000, o país adota o Coaching como o mais eficaz modelo de desenvolvimento humano, considera que é um processo capaz de conduzir o individuo para o seu objetivo desejado, sendo hoje um pressuposto básico.

Em 1974, o papel do Coach é destacado como fundamental na vida do atleta dentro e fora da quadra, por Timothy Gallwey, no lançamento de seu livro The Inner Game of Tennis. Em 1980, o Coaching é incorporado como disciplina acadêmica com o conceito de Coaching Executivo e passa a ser usado em programas de liderança no mundo dos negócios.

Em 1984, é recomendado como um estilo de liderança para obter melhores resultados. E, em 1985, foi incorporado pelas principais organizações da época.

O estouro se deu em 1990 e hoje o mercado exige que todo gerente seja Coach, independente do ramo de atuação, da atividade exercida ou do nível de competência de seus funcionários.

Em 2007, foi fundado o Instituto Brasileiro de Coach – IBC. Hoje a maior instituição de treinamento em Coaching do Brasil, sendo a única reconhecida por sete órgãos mundiais de Coaching. Está voltado a atender demandas profissionais e pessoais. Para o IBC o Coaching é um processo que utiliza técnicas, ferramentas e recursos de diversas ciências, para aumentar a confiança, quebrar barreiras e limitações, para que as pessoas conheçam a melhor que há em cada um e atinjam o potencial máximo na busca de metas, objetivos e realizações.

Em 2008, são apresentadas três forças, por Vikki G. Brook, que impulsionaram a indústria do Coaching, são elas: a experiência acumulada sobre o Coaching, o aumento do ingresso de profissionais na área, a crescente sofisticação da gestão da área de Recursos Humanos.

E em seu livro Sourcebook of history Coaching ela apresenta quatro pontos fundamentais, vamos conhecê-los e entender mais sobre o poder do coaching:

1 – os conhecimentos, competências e habilidades usadas em Coaching podem ser usados por qualquer pessoa e qualquer profissão;

2 – os coaches profissionais não tem responsabilidade, autoridade nem incumbência sobre os resultados da pessoa que está sendo trabalhada com o Coaching;

3 – as atividades de Coaching variam em um continuum dependendo do Coach, do ambiente e da situação específica;

4 – visão de mundo comportamental ou humanístico particular de uma pessoa irá influenciar a forma como o Coaching é definido.

Em 2013, o Coach alcançou um número significativo e crescente de pessoas, profissionais e empresas. Grandes nomes do mundo corporativo como Jack Welch, Peter Drucker, Eric Schmidt consideram o poder da metodologia para alcançar alta performance de profissionais e empresas. Em paralelo, atletas consagrados, também contam com o auxílio de coaches.

E o termo não para de crescer e se tornar cada vez mais conhecido. Você pode estar se perguntando, mas afinal para que serve o Coaching, como posso usá-lo em minha vida, qual é o poder do coaching?

 

Para responder a esta pergunta podemos explorar quatro princípios básicos do Coaching, que garantem o sucesso de todo processo de Coaching no padrão SERCOACH do IBC:

1) Suspender todo tipo de julgamento

O trabalho do Coach é provocar respostas, para isso é necessário desenvolver um estado de estar curioso e interessado pelo assunto abordado pelo Coachee durante a sessão. Qualquer julgamento quebrará o processo e a relação estabelecida.

2) Foco no futuro

Estimular ações que levem à conquista do estado desejado, dos objetivos, sonhos, traçados pelo Coachee, ter como base a trajetória que se deseja alcançar.

3) Ação

O Coaching é a arte de fazer acordos e as ações concretizam o processo. Devem ser tangíveis, mensuráveis e praticadas no dia a dia com foco. Isso ajudará o Coachee a perceber os resultados obtidos com o poder do coaching.

4) Confidencialidade e ética

A ética é fundamental para que as pessoas confiem no processo e nas pessoas envolvidas no mesmo. A confiança e o comprometimento deverá garantir sigilo absoluto entre o profissional e seu cliente para garantir que tudo que for tratado durante a sessão não sairá do local de atendimento.

Ao entender o poder do Coaching podemos afirmar que este processo traz resultados positivos nas diversas áreas da vida, além de aumentar a performance de qualquer pessoa.

CONCLUSÃO PESSOAL

E agora me pego pensando: “Jesus, onde estava escondido tudo isso? Que processo fenomenal é esse, capaz de mudar totalmente meus sentimentos, mudar meus pensamentos, mudar meus gestos, mudar minhas palavras e mudar minhas atitudes? Capaz de mudar tudo que sou”.

Mesmo que eu quisesse, impossível ser a mesma Rosana de antes, impossível continuar estacionada no meu comodismo. Minha forma de falar ganhou autoridade, meu olhar ganhou sentimento, minhas atitudes foram potencializadas e ganharam força.

O Coaching tornou-se meu estilo de vida, algo essencial, através do qual consegui equilíbrio em todas as áreas da minha vida. Reconheço que o maior benefício que conquistei com todos os estudos, pesquisas e novos conhecimentos é a mudança de

pensamento.

Com o novo vêm desafios. Tudo que tenho alcançado é MA-RA- VI-LHO- SO! E tenho consciência que cada dia exigirá mais de mim. Assim como o Coach passou por um longo período de evolução pra chegar a ser o que é hoje, sei que meu processo evolutivo exige constância, perseverança, gratidão e busca de mais estudos e conhecimentos, como nunca.

Estou disposta a lutar contra qualquer situação que possa me fazer regredir, como a crença limitante de falta de tempo para aplicar a metodologia e ferramentas, buscar aprofundamento ou partir para atendimentos, levar a outros essa experiência fantástica.

A partir do momento que o José Roberto Marques aplicou comigo as ferramentas e eu experimentei a mudança de pensamento e fiz descobertas sobre mim que jamais poderia imaginar que existia, iniciei a aplicação em diversos locais onde eu desenvolvo trabalhos voluntários e senti como, são eficazes, as ferramentas e o método, nos ajudam em qualquer situação, seja individual ou em grupo.

Pretendo aperfeiçoar cada vez mais a aplicabilidade para que naturalmente este estilo de vida e missão alcance todos que precisam descobrir seu melhor. Tenho sonhos de ter um tempo de maior qualidade com minhas filhas e até ser mãe de mais duas pessoinhas, porque não 🙂 ! E Sinto que o coaching me proporcionará isso!

Darei o meu melhor para conquistar meus sonhos! E você ja experimentou O PODER DO COACH em sua vida? Deixe nos comentários sua experiência e compartilhe com seus amigos que precisam conhecer este maravilhoso processo de mudança 😉 .

Nos vemos no próximo artigo!

 

Escrito Por:

Rosana Siqueira – Coach formada pelo IBC – Instituto Brasileiro de Coach e especialista em Coach de Direção, SELF Coach e Coach de Relacionamento. Contato: rosiqueiracoach@gmail.com

3.3 (66.67%) 9 votes

Sobre o autor | Website

Jefferson Siqueira é empreendedor digital, empresário, ama ajudar as pessoas a identificarem o seu maior potencial e conquistar os seus sonhos. Jefferson Siqueira é apaixonado por empreender! Pela leitura! E por sonhar! E pela Vida!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

2 Comentários

  1. luis roberto magele disse:

    Rosana Aparecida Siqueira, parabens pelo trabalho, siga em frente. Quanto orgulho, fiquei muito feliz e ver o seu trabalho.
    Fique com Deus, um forte abraço,Magele

    • Rosana Aparecida Rodrigues Siqueira disse:

      Obrigada Magele! Descobri um novo universo! Realmente muito gratificante! Abraço!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.